O caminho para a democracia directa passará obrigatoriamente pela Internet. Primeiro com petições, depois com votações.

Se, pela Internet, já falamos uns com os outros e nos informamos uns aos outros (dispensando jornalistas a soldo), porque não tomamos nós as decisões que nos afectam a todos? Porquê continuar a confiar em «representantes» que ninguém sabe o que representam?
Diogo a 7 de Outubro de 2009 às 20:01

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres