Caro Pedro

Para começar, bem poderiam colocar um ponto final na dupla tributação, sempre era um incentivo palpável, sem a cultura do subsidiozinho...
António de Almeida a 6 de Agosto de 2009 às 17:07

Uma outra perspectiva sobre o mesmo assunto:

http://mairdenuboske.blogspot.com/2009/08/devaneios-de-um-socialismo-capitalista.html

Dr.Shue a 6 de Agosto de 2009 às 17:19

Se fossem ajudas apenas para compra de carros fabricados no próprio país, como fazem alemães e franceses, aí sim faria sentido.
João Quaresma a 6 de Agosto de 2009 às 19:49

Isto dos incentivos fez-me lembrar uma história que relatei no Fliscorno há tempos sobre "incentivos à produção" numa escola de música que geri e as respectivas conclusões. Como é demasiado texto para um comentário, fica o link:
http://fliscorno.blogspot.com/2009/04/o-exemplo-da-escola-de-musica.html

jorge a 7 de Agosto de 2009 às 00:33