Caro Jorge,
Cá o lobi configura até o crime de corrupção passiva para acto lícito.
Jorge Ferreira a 12 de Agosto de 2009 às 17:54

O tráfico de influências e favores feito por cima da mesa não fica menos ilegítimo. O que acontece é que diminuindo o custo do lobby, haverá mais.
AntónioCostaAmaral (AA) a 12 de Agosto de 2009 às 19:53