Se não há semelhança entre um lado do quadro e o outro (um descreve ideologia política, o outro descreve efeitos de rede de informação global), porque escolheu o autor "reabilitar" o conceito de socialismo? A explicação «there are no unsoiled terms available, so we might as well redeem this one» não satisfaz.
Elisabete Joaquim a 12 de Agosto de 2009 às 18:41

Só o facto de alguém admitir que o socialismo "needs to be redeemed" já me causa satisfação... ;)
zedeportugal a 12 de Agosto de 2009 às 21:24

"Se não há semelhança entre um lado do quadro e o outro (um descreve ideologia política, o outro descreve efeitos de rede de informação global), porque escolheu o autor "reabilitar" o conceito de socialismo?"

Uma razão poderia ser porque o lado "laranja" do quadro acaba por ser muito semelhante ao que os teóricos socialistas diziam que iria ser o socialismo (sobretudo nos 3 primeiros pontos).

Dizer que o novo socialismo é o verdadeiro socialismo não deixa de ser dizer que na sua base moral o socialismo é aceitável/tem bons efeitos se aplicado com as técnicas adequadas. Está na mesma lógica daqueles que dizem que o comunismo é bom em si mas que o verdadeiro comunismo ainda não foi aplicado. Ao escolher técnicas de centralização de poder para se aplicar, o velho socialismo nunca poderia almejar a «heighten individual autonomy».

Mesmo que o autor não tenha tido essa intenção, reabilitar socialismo como uma coisa boa é branquear a o carácter pernicioso das suas bases morais. O autor justifica-se dizendo que não lhe ocorreu melhor palavra, e isso já em si é significativo. Quanto a mim, tudo o que a coluna "new" descreve só é possivel numa ideologia capitalista, descentralizada, em que a informação corre livremente. "Cosmopolitanismo" teria sido uma boa definição.

Caríssiomos Elisabete e Miguel,

Gostei muito desta pequena discussão.
Nada como uma questão ideológica para mexer connosco, não é?

Não me parece , contudo, nem que o termo socialismo esteja mal usado, nem que o autor (ao contrário das desculpas que vai debitando) o tenha usado de uma forma inocente.
O que me parece é que o autor do artigo sabe muito bem o que pretende dizer, mas não quer chamar a coisa pelo seu nome (talvez para não ser apodado de anarquista): socialismo libertário (libertarian socialism ou left libertarianism).
Digam-me se agora, à luz deste conceito, o lado direito do quadro faz ou não faz sentido.

Sim, talvez tenha mesmo sido no sentido de libertarianismo de esquerda, agora que reli bate certo com a expressão "trabalho de grupo voluntário" (em rigor wikipedia não é alimentada por grupos de trabalho, mas sim por indivíduos, palavra que aliás nunca aparece na descrição).

Sobre a intenção do autor estamos de acordo, mas mantenho que haveria melhor definição para os fenómenos assinalados.