Dou-lhe os meus parabéns por esta sua iniciativa e, especialmente, pelas suas enormes coragem e perseverança.
O ter conseguido que lhe respondessem já foi uma lança em África, como costuma dizer-se, e a pergunta a fazer agora é exactamente essa: então, quem é que contratou a campanha?

Trata-se, obviamente, de uma falaciosa campanha de marketing político do governo e, provavelmente, de favorecimento a alguém que lhes interessa dar uma avença choruda. É claro que eles vão continuar a fugir às respostas e, penso que neste momento, nada mais lhes resta que remeter-se ao silêncio... O tempo o dirá.

Cumps.
zedeportugal a 13 de Agosto de 2009 às 12:26

corrijo: ...alguém a quem lhes interessa dar...
zedeportugal a 13 de Agosto de 2009 às 12:29

É impressionante como é quase impossível saber quanto custa determinada coisa no estado. Os orçamentos de estado dão uma ideia macro mas de nada servem para casos concretos. Mesmo casos pontuais e de grandes números como as obras públicas são de apuramento difícil. Acontece que os números mais pequenos, face à sua quantidade, não são de ignorar.
jorge a 13 de Agosto de 2009 às 13:11

Que horror! Vais a ver e foi o PS quem pagou! Bem, talvez não, mas até era apropriado...
manuel gouveia a 13 de Agosto de 2009 às 13:28

Bom, como dizia Elisa, é o dinheiro do PS.
jorge a 14 de Agosto de 2009 às 10:34

Pois, com tanta confusão, em calhando pagou mesmo o PS!
manuel gouveia a 14 de Agosto de 2009 às 10:36