Penso não errar muito afirmando que a justiça é a área que não mudou neste governo (salvo as cosméticas em curso) e que mais precisava de mudança.

Não pode haver estado nem democracia sem uma justiça funcional. A rubrica diária que o "i" está a publicar durante este mês titulada "Escândalos da democracia" são as provas documentais do que não muda há décadas e que, com o PS, continuou sem mudar.

O ímpeto reformista do PS foi a saúde, timidamente, e a educação. Não eram o que precisava de ser mudado mas sim o que menos problemas traria, assim pensaram.
jorge a 22 de Agosto de 2009 às 03:23

Já agora, a caixa de comentários está óptima. Obrigado.
jorge a 22 de Agosto de 2009 às 03:23

"Penso não errar muito afirmando que a justiça é a área que não mudou neste governo (salvo as cosméticas em curso) e que mais precisava de mudança."

Concordo inteiramente. A justiça é a área onde uma reforma estrutural seria mais urgente. Mas será também onde, por vários motivos, o polvo está mais instituído. E depois é uma área onde, as mais variadas pessoas que lá exercem actividade profissional, por muito que se queixem, estão presas a um pensamento único sobre o que deve ser o sistema judicial, fruto de um ensino superior onde não se pensa o sistema para além daquele que existe.