Os números do desemprego são altamente manipulados. Uma vergonha. Acredito que já tenham alcançado os dois dígitos...
Ricardo Cataluna a 2 de Setembro de 2009 às 22:34