Nem mais, mas os partidos iriam perder poder face à menor disponibilidade de lugares de nomeação para oferecer aos militantes quando formam governo.
António de Almeida a 7 de Setembro de 2009 às 11:34